top of page
Faixa blog livros.png
Buscar

Desinfecção


Os produtos de desinfecção são essenciais no tratamento de água para garantir que ela seja segura para consumo humano. Desde o século XIX que eles já são utilizados nas ETA's. Existem vários produtos de desinfecção que podem ser utilizados e a seguir vamos falar sobre os mais comuns.


Cloro é o produto de desinfecção mais comumente usado em tratamento de água. Ele é eficaz na inativação de vários tipos de microrganismos, incluindo bactérias, vírus e fungos, e tem como seu principal agente oxidante na água o ácido hipocloroso (HClO).


O cloro pode ser utilizado na forma gasosa (cloro gás), líquida (hipoclorito de sódio) ou sólida (hipoclorito de cálcio e isocianuratos clorados), e possui ampla aplicação devido a ser um dos mais antigos produtos produzidos com esta finalidade, então já existe uma grande tradição no seu uso.


O ozônio é outro produto de desinfecção também usado. Ele é um forte oxidante, assim também pode ser utilizado para remover cor, odor e outros contaminantes da água. No entanto, devido a sua instabilidade, o ozônio deve ser gerado no próprio local de aplicação, através de equipamento específico.


O dióxido de cloro é outro produto de desinfecção que tem ganhado popularidade recentemente. Ele é altamente eficaz na inativação de microrganismos e pode ser usado como alternativa ao cloro. No entanto, ele é menos estável do que o cloro e requer geração no local de uso, utilizando reação de alguns produtos, como por exemplo o ácido sulfúrico e clorito de sódio.


Além disso, existem outros sistemas de desinfecção alternativos, como a luz ultravioleta, que abordamos recentemente aqui no canal. Este sistema não utiliza produtos químicos, ou seja, não gera subprodutos na água.


De acordo com a PORTARIA GM/MS Nº 888/2021:

- É obrigatória a manutenção de, no mínimo, 0,2 mg/L de cloro residual livre ou 2 mg/L de cloro residual combinado ou de 0,2 mg/L de dióxido de cloro em toda a extensão do sistema de distribuição (reservatório e rede) e nos pontos de consumo.

- No caso do uso de ozônio ou radiação ultravioleta como desinfetante, deverá ser adicionado cloro ou dióxido de cloro, de forma a manter residual mínimo no sistema de distribuição (reservatório e rede) e no ponto de consumo, de acordo com o item anterior.


Um ponto muito importante na desinfecção é garantir o tempo de contato mínimo entre o desinfetante e a água, exigido na legislação, de modo a garantir a inativação dos organismos patogênicos.


A escolha do produto mais adequado de desinfecção geralmente é tomada levando-se em conta uma série de fatores como disponibilidade na região, valor, espaço disponível, tamanho e material da rede de distribuição e tipo de água a ser desinfetada.


Não perca este e todos nossos conteúdos cadastrando-se na nossa newsletter em aguaeefluentes.com.br


Estamos realizando o sorteio de um livro. Saiba mais em nossa página no linkedin.


40 visualizações0 comentário

Komentáře


1.png
2.png
4.png
5.png

Consultoria em Redução de Custos e Reúso Agrícola de Lodos

bottom of page