top of page
Faixa blog livros.png
Buscar

Hidrogênio Verde

Vamos falar sobre Hidrogênio?


Este canal fala sobre água, então porque falar sobre hidrogênio? Você que acompanha o canal já percebeu que a água é a matéria prima mais usada na indústria. Com a geração de hidrogênio não seria diferente, visto que cada molécula de água possui dois átomos de hidrogênio.

Atualmente é cada vez mais comum ouvirmos falar sobre o hidrogênio verde, e como ele é uma importante promessa para a transição dos combustíveis fósseis às fontes de energia renováveis. Mas você sabe por que hidrogênio verde?


Apesar de ser exatamente a mesma molécula de H2, existem diferentes tipos de hidrogênio, que foram classificados com cores de acordo com sua forma de produção e com o grau de impacto ambiental associado. Os principais tipos são o hidrogênio cinza, o hidrogênio azul, e o hidrogênio verde.


O hidrogênio cinza é o principal tipo atualmente e é produzido a partir da queima de gás natural em uma reação conhecida como reforma a vapor. Esse processo libera grandes quantidades de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, contribuindo para o aquecimento global e as mudanças climáticas. Por esta razão, o hidrogênio cinza não é considerado uma fonte sustentável de energia.


O hidrogênio azul é uma versão menos impactante do hidrogênio cinza, pois captura e armazena o CO2 gerado durante a produção do hidrogênio. Esse processo reduz significativamente as emissões de CO2, tornando o hidrogênio azul uma opção mais sustentável.


Já o hidrogênio verde é produzido por meio da eletrólise da água, utilizando eletricidade gerada a partir de fontes renováveis, como energia eólica, solar ou hidroelétrica. Esse processo não contribui para as emissões dos gases de efeito estufa. O hidrogênio verde é considerado o tipo mais sustentável de hidrogênio, porém, ainda é mais caro e menos disponível do que os hidrogênios cinza e azul.


As tecnologias de tratamento da água são cruciais na sua aplicação nos eletrolisadores, pois a eficiência da eletrólise depende da qualidade da água de abastecimento. A água geralmente passa por processos de ultrafiltração, osmose reversa e eletrodeionização antes de ser dividida entre oxigênio (O2) e hidrogênio (H2) nos eletrolisadores, pois devem estar livres de íons distintos dos requeridos no processo de eletrólise. Isso além de aumentar a eficiência do processo, a vida útil dos eletrodos e os proteger de corrosão.


Existem ainda outras formas de produção de hidrogênio, porém em menor escala. Como por exemplo, a partir da gaseificação do carvão mineral, da extração de hidrogênio natural ou geológico, por reformas catalíticas, gaseificação de plásticos residuais ou biodigestão anaeróbica de biomassa, por pirólise do metano, e a partir fonte de energia nuclear.


A B&F Dias possui diversos equipamentos e produtos para tratamento de água, inclusive membranas de ultrafiltração e osmose reversa.


Saiba mais em: bfdias.com.br



28 visualizações0 comentário

Comments


1.png
2.png
4.png
5.png

Consultoria em Redução de Custos e Reúso Agrícola de Lodos

bottom of page