top of page
Faixa blog livros.png
Buscar

Nanoplásticos: Novo estudo com água engarrafada mostra dados supreendentes

Provavelmente você já ouviu falar dos microplásticos e como estas pequenas partículas estão presentes nas mais diversas regiões do planeta e no nosso dia a dia. Um novo método analítico agora aponta a presença de partículas muito menores, em quantidades muito maiores que as primeiras estimativas, e já temos uma nova categoria: os nanoplásticos. 


São partículas minúsculas de plástico com dimensões na escala nanométrica, e têm sido objeto de crescente preocupação devido à sua presença em ambientes aquáticos. Um novo estudo examinou a presença dessas partículas em água engarrafada nos EUA e revelou descobertas intrigantes.


O estudo analisou várias marcas populares de água engarrafada e encontrou nanoplásticos em todas as amostras. Isso sugere que a contaminação por plástico é generalizada e não está restrita a uma marca específica.


Isto foi possível porque os pesquisadores desenvolveram um novo método de análise para detectar nanoplásticos com maior precisão. Eles combinaram técnicas avançadas de espectroscopia e microscopia, permitindo a identificação e quantificação dessas partículas em concentrações extremamente baixas. Os nanoplásticos encontrados variaram em tamanho e composição.


Em um litro de água, os pesquisadores encontraram uma média de 240.000 partículas plásticas, dos quais 90% foram identificados como nanoplásticos e o restante microplásticos.


O interessante desse método analítico é que também o material polimérico pode ser identificado, e foram encontrados 7 tipos de polímeros: poliamida, polipropileno, polietileno, polimetacrilato de metila, cloreto de polivinila, poliestireno e tereftalato de polietileno. 


Embora ainda não esteja claro qual é o impacto direto dos nanoplásticos na saúde humana, a presença dessas partículas em água potável é motivo de preocupação. São notáveis os avanços na química analítica e como estes avanços vão poder abrir muitos campos na investigação dos efeitos destes componentes no meio ambiente e na saúde humana.


De qualquer forma, as tecnologias de ultrafiltração, nanofiltração e osmose reversa possuem grande capacidade de remoção destes componentes. A B&F Dias, que nos ajuda a trazer estas e outras novidades relacionadas ao tratamento de água e efluentes, possui em seu portfólio estas e outras tecnologias de purificação de água.


Quer saber mais? Acesse: bfdias.com.br




26 visualizações0 comentário

Комментарии


1.png
2.png
4.png
5.png

Consultoria em Redução de Custos e Reúso Agrícola de Lodos

bottom of page