top of page
Faixa blog livros.png
Buscar

Cloraminas em Piscinas

Atualizado: 25 de jan. de 2023


Quando cloro livre é adicionado na água, ele se encontra sob duas formas: ácido hipocloroso e íon hipoclorito. Este equilíbrio depende do pH, como já explicamos em outro post. O ácido hipocloroso (HClO) quando em presença de amônia (NH4+) forma o que chamamos de cloramina. Dependendo das condições de temperatura e pH, podem se formar monocloraminas ou policloraminas. A monocloramina não apresenta toxicidade a baixas doses, porém as policloraminas sim. A estes subprodutos que são atribuídos o cheiro de cloro e a irritação que causa na pele e nos olhos em algumas piscinas. Então o cheiro do cloro em piscina é um indicador de que algum componente humano, como suor, urina ou algo pior, em algum momento entrou em contato com aquela água, e o nitrogênio amoniacal reagiu formando uma cloramina. Importante destacar que, para o tratamento de piscinas de uso coletivo, há a necessidade de um responsável técnico da área química.


Disponibilizamos um curso sobre Tratamento de Água de Piscinas, saiba mais em: https://hotm.art/Ff7Rciv


39 visualizações0 comentário

コメント


1.png
2.png
4.png
5.png

Consultoria em Redução de Custos e Reúso Agrícola de Lodos

bottom of page