top of page
Faixa blog livros.png
Buscar

Processos Oxidativos Avançados (AOP) para remoção de contaminantes emergentes

Contaminantes emergentes são uma classe de produtos químicos que só recentemente foram reconhecidos como potencialmente prejudiciais à saúde humana e ao meio ambiente. Eles incluem uma ampla gama de substâncias, como produtos farmacêuticos, produtos de higiene pessoal, produtos químicos industriais e pesticidas. Essas substâncias podem entrar no abastecimento de água através de uma variedade de formas, incluindo escoamento agrícola, lançamento de esgoto sanitário e efluentes industriais nos corpos hídricos, e sumidouros de tanques sépticos.


A presença de contaminantes emergentes na água pode ter consequências graves. Estas substâncias podem ser tóxicas para a vida aquática, podendo também representar riscos para a saúde humana se forem ingeridas ou entrarem em contato com a pele. Além disso, alguns contaminantes emergentes são conhecidos como desreguladores endócrinos, o que significa que podem interferir nos hormônios e afetar os processos reprodutivos e de desenvolvimento humanos.



Um dos principais desafios em lidar com contaminantes emergentes é a falta de informações sobre seus efeitos. Muitas dessas substâncias são relativamente novas e ainda há muito a ser aprendido sobre seus potenciais impactos à saúde e ao meio ambiente. Além disso, o grande número de produtos químicos diferentes e as formas complexas pelas quais eles podem interagir dificultam a avaliação dos riscos que representam.


Sua detecção requer o constante desenvolvimento e aprimoramento de técnicas analíticas para identificar e quantificar essas substâncias, bem como a realização de estudos e pesquisas para entender seus efeitos potenciais.


Com o que já sabemos a respeito destas substâncias, podemos afirmar que os tratamentos convencionais têm pouca ou quase nenhuma ação sobre estes componentes, pois além de persistentes a degradação, possuem alta solubilidade em água, passando facilmente pelos processos físico químicos convencionais.

 

Neste contexto, os processos oxidativos avançados (AOP) têm se mostrado um dos mais promissores na remoção destes contaminantes. Os AOP’s são processos oxidativos que utilizam uma combinação de dois ou mais agentes para criar radicais livres com alto poder oxidativo. Um dos mais utilizados é o processo de Ozônio em combinação com UV. A reação química simplificada deste processo é apresentada na imagem.


Este post foi patrocinado pela B&F Dias, que possui soluções em oxidação avançada, com o fornecimento de sistemas de ultravioleta e gerador de ozônio. Entre em contato para mais informações. Acesse: bfdias.com.br




60 visualizações0 comentário

コメント


1.png
2.png
4.png
5.png

Consultoria em Redução de Custos e Reúso Agrícola de Lodos

bottom of page