top of page
Faixa blog livros.png
Buscar

Amazon financia a primeira fazenda de algas em escala comercial do mundo

A Amazon anunciou que está financiando a primeira fazenda de algas marinhas em escala comercial do mundo, localizada entre turbinas eólicas offshore (mostrada aqui em uma imagem gerada por computador).


O projeto conhecido como North Sea Farm 1 será localizado em um parque eólico na costa da Holanda. Ele foi projetado para testar e melhorar os métodos de cultivo de algas enquanto pesquisa o potencial das algas para sequestrar carbono - sendo este o processo de captura, remoção e armazenamento de dióxido de carbono (CO2) da atmosfera terrestre.


Ao localizar a fazenda em um espaço anteriormente vazio entre as turbinas, o projeto é capaz de expandir o cultivo de algas marinhas no Mar do Norte. Se o cultivo de algas marinhas se expandisse para ocupar todo o espaço ocupado pelos parques eólicos, estimados em aproximadamente 1 milhão de hectares até 2040, poderia reduzir milhões de toneladas de CO2 anualmente.


O projeto é gerido por um consórcio de pesquisadores e parceiros da indústria das algas marinhas, liderado pela organização sem fins lucrativos North Sea Farmers (NSF), e deverá estar operacional até ao final deste ano. O consórcio espera que a North Sea Farm 1 evolua para um modelo de cultivo de algas marinhas offshore em todo o mundo.


A Amazon está concedendo € 1,5 milhão para criar esta fazenda de algas marinhas inédita e realizar uma pesquisa científica de um ano sobre a redução de carbono por meio do cultivo de algas marinhas. A doação fornecerá o investimento necessário para construir uma fazenda de 10 hectares, que deverá produzir pelo menos 6.000 kg de algas frescas em seu primeiro ano.


Esse financiamento também apoiará os agricultores do Mar do Norte na análise e melhoria das capacidades de produção da fazenda. Ao mesmo tempo, os pesquisadores explorarão o potencial das fazendas de algas para remover o carbono da atmosfera, modelando os impactos do cultivo de algas em larga escala. A organização sem fins lucrativos espera que essas descobertas ajudem a desempenhar um papel na expansão do setor. A North Sea Farm 1 e outras semelhantes também proporcionarão uma oportunidade de criar empregos por meio da agricultura e produção de produtos à base de algas marinhas.


"As algas marinhas podem ser uma ferramenta fundamental na remoção de dióxido de carbono da atmosfera, mas atualmente são cultivadas em uma escala relativamente pequena na Europa", disse Zak Watts, Diretor de Sustentabilidade da UE na Amazon. "Estamos muito satisfeitos em financiar este projeto para nos ajudar a alcançar uma maior compreensão de sua capacidade de ajudar a combater as mudanças climáticas”.


23 visualizações0 comentário

Comments


1.png
2.png
4.png
5.png

Consultoria em Redução de Custos e Reúso Agrícola de Lodos

bottom of page