Buscar
  • aguaeefluentes

Fossa séptica - filtro anaeróbio

Os sistemas de tratamento individuais ainda são bastante utilizados em locais onde não há rede coletora de esgotos, como em localidades pequenas e na zona rural. Uma das alternativas mais difundidas é a fossa séptica (ou tanque séptico) seguida de filtro anaeróbio, também conhecida por fossa-filtro. Este sistema, além de fácil instalação e manutenção, pode reduzir a carga orgânica e de sólidos do esgoto consideravelmente. De acordo com a NBR 13969, o sistema combinado pode remover entre 40 a 75% de DBO e de 60 a 90% dos sólidos suspensos. O destino do efluente tratado pode ser a rede pluvial, sumidouro, além de outros. O adequado funcionamento exige a remoção do lodo acumulado com a frequência estabelecida no projeto (de 1 a 5 anos), e a instalação de caixa de gordura para pré-tratamento dos despejos da pia da cozinha e lava-louças. Também não deve passar pelo sistema a água da chuva coletada na residência. Você sabe dimensionar este sistema de acordo com a norma brasileira? Em breve teremos novidades aqui no site 😉


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

NPSH